Comparação

Dentro da Figura de Linguagem temos uma subdivisão composta por: Figuras de Palavras, figuras de Pensamentos, Figuras de Sons e Figuras de construção. Neste artigo você vai encontrar Comparação que estar ligado a Figuras de palavras/semânticas.

Figuras de Linguagem

Antes de chegar ao termo Comparação, você precisa entender brevemente o que vem a ser figuras de linguagem. O seu conceito está baseado em Figuras de Linguagem pode ser dita também como Figuras de Estilo, essa por sua vez, é um recurso de estilo escrito ou mesmo oral para expressa um pensamento ou a ideia de uma mensagem.

Toda prova sempre acaba trazendo aquele conteúdo que é um pouco esquecido pelos estudantes, e mesmo que seja lembrando naquele preparatório ou em um conteúdo de concurso público, boa parte acaba deixando de lado conteúdos importantes.

Figuras de Linguagem faz parte do cotidiano de todos e é através dele que conseguimos definir algumas expressões de pensamento. Dentro do estudo de Figuras de Linguagem temos as suas subdivisões, dentro de uma delas o artigo será baseado em Comparação que faz parte da Figura de Semântica.

Comparação – o que é

Se você estudou sobre Metáfora, vai achar que comparação tem alguma semelhança. As vezes esses dois termos são confundidos, mas um se difere do outro. A comparação é um tipo de figura de linguagem em que mostra as qualidades ou as ações de um elemento, uma forma de troca de lados, porém não pense que isso é metáfora.

As semelhanças são grandes mais a conectividade de Comparação fica bem mais explicita nas frases. Esse conectivo você pode encontrar nas palavras (Como, Parecia, Com, Quanto, Sem, Assim, Qual, Tal), essas são algumas palavras que você pode encontra nas frases e as mesmas terão diferenciação da metáfora.

Exemplos:

Temos um pequeno exemplo:

O amor queima como o fogo.

Nessa frase as palavras Fogo e Amor continuam tendo suas finalidades, porém o que as conecta para ter uma comparação é a palavra “como” criando uma espécie de semelhança e comparação das duas palavras.

Um outro exemplo que pode remeter nesse assunto também usando a palavra “como” seria:

Sua voz é como o canto de um pássaro.

Estamos comparando a voz de quem canta, com o canto de um pássaro, para fazer esse conectivo comparativo temos assim a palavra “como”.

Diferenças

Por isso é sempre importante lembrar que por mais que a metáfora remeta a comparação elas se diferem porque Comparação sempre terá sentido conectivo de semelhança explicita.

Além dessa figura de linguagem existe os demais temas que serão abordados para que você conheça cada uma das figuras de linguagens.

Leia também: