Figuras de Linguagem: O que são, tipos e exemplos [Resumo]

O que são as Figuras de Linguagem. Aprenda todos os tipos e exemplos. Leia o resumo das figuras de linguagem para provas enem, português, etc.

Um conteúdo muito procurado entre os estudantes é sobre Figuras de Linguagem, isso porque é um conteúdo que praticamente utilizando em nosso dia a dia por meio de nossas expressões e concordâncias.

Se você está em busca de conhecer mais sobre Figuras de Linguagem para obter mais conhecimento e se preparar com qualidade para um a prova, concurso ou até mesmo a prova do Enem, basta ficar atento ao artigo que vai falar brevemente sobre algumas especificações que você precisa entender.

Figuras de Linguagem

Esse é mais um recurso que encontramos na gramática, e figura de linguagem pode ter como uma definição mais próximo do entendimento de que é um recurso de expressão linguística nela você encontra uma riqueza ampla sobre seus tipos de linguagem.

A figura de linguagem é um modo que o agente possui para expressa um pensamento e sua maior finalidade é fazer com que esse recurso seja reconhecido por meio de duas vertentes: conotação e denotação, e é por meio delas que surge as classificações:

Figuras de Palavras ou Semânticas,

Figuras de Pensamentos,

Figuras de Construções,

Figuras de sons ou harmonia que você terá entendimento em breve.

Denotação e Conotação

Essas são as duas formas que consta em Figuras de linguagens antes mesmo de saber os tipos que existe, então entenda brevemente o que seria Denotação e Conotação:

  • Conotação: Vai existir quando uma palavra der um sentido associativo ou tenha várias interpretações.

Exemplo: A Beatriz é uma mulher azeda, sempre se acorda de mau humor.

Entenda que nessa frase a palavra Azeda tem vários sentidos além do que encontramos em alguns dicionários.

  • Denotação: Nesse caso vai dá sentido a palavra de forma literal ou que se refere a algo imaginário.

Exemplo: Aquele mousse estava azedo, não indico a você.

Ora, se nessa frase é empresa a mesma palavra como o exemplo acima, o Azedo, nesse caso, remete-se ao sentido imaginário.

Após ter esse breve resumo sobre denotação e conotação você pode ter um breve entendimento de como fica a classificação de figuras de linguagens mais conhecidos como Tipos.

Classificação de Figuras de Linguagem

Essa estrutura pode ser dada da seguinte maneira para que estudante tenha maior entendimento sobre como pode ser utilizado:

Figuras de Palavras/Semânticas:

Essa pode ser definida como uma associação da palavra e temos nessa estrutura:

Metáfora

Comparação

Metonímia

Catacrese

Sinestesia

Perífrase

Figuras de Pensamento:

Esse é uma classificação que trabalha com uma determinada combinação de ideias ou mesmo de pensamentos. Nesse caso temos: 

Hipérbole

Eufemismo

Ironia

Personificação

Paradoxo

Gradação

Apóstrofe

Litote

Antítese

Figuras de construção:

Esse tem interferência na estrutura na frase gramatical. Sendo assim: 

Anáfora

Hipérbato

Assíndeto

Polissíndeto

Pleonasmo

Silepse

Anacoluto

Zeugma

Elipse

Figuras de Som/Harmonia:

Estarão ligadas na sonoridade ou na harmonia da palavra, temos assim:

Aliteração

Assonância

Onomatopeia

Paronomásia

Essas são algumas estruturas essenciais que compõe a Figura de Linguagem que também pode ser conhecida como Figuras de Estilos, um recurso utilizado para transmitir a ideia da própria palavra como um todo dentro dos tipos de Figuras de linguagem.

Por isso, se você precisa ter uma base sobre o conceito dos tipos de figuras de linguagem deverá ficar atento ao que significa cada tipo e aos seus exemplos para ter entendimento de como cada um funciona dentro da estrutura gramatical.

Como prepara para Enem? Clique.

Caso tenha dúvidas, leia outros artigos no nosso portal ou deixe seu comentário: